top
logo

Qua, 28 de Novembro de 2012 11:14

O setor de eletroeletrônicos faturou R$ 54,3 bilhões entre janeiro e agosto de 2012. O valor significa um aumento de R$ 900 milhões em relação ao mesmo período de 2011. Os números foram avaliados pela GfK, que considerou 71 categorias de produtos no Brasil nesta aérea.

Os principais fatores para o resultado positivo do mercado eletroeletrônico, de acordo com a pesquisa, são a situação favorável da classe C, a facilidade de acesso ao crédito e os incentivos fiscais do Governo Federal para aquisição de diversos produtos. A GfK indica ainda que o Nordeste foi a região que mais cresceu.

 

A venda no canal generalista - que inclui lojas de departamentos e hipermercados - cresceu 28,4%, enquanto houve queda de 4,2% no faturamento de lojas especializadas (que contempla as lojas de eletrônicos, telecom, foto e informática). Além da linha branca, no canal generalista também se verifica uma evolução expressiva nas linhas de portáteis, telecom e linha marrom, esta por sua vez permanece com a maior importância no faturamento dentre as linhas de produto, 26,5%.

 

Os maiores percentuais de aumento no faturamento foram apresentados nas categorias: consoles de videogames (126,8%); tablets (122%); TV LED sem 3D (79,6%); multiprocessadores (78,2%); máquina de cortar cabelo (72%); e smartphones (45%).

 

Fonte: http://exame.abril.com.br

 

 

Busca no site

Login



Novos membros

Para se tornar um associado do SINEC preencha ficha de filiação clicando aqui.

bottom